ACIRS
Boa tarde, hoje é dia 17/11 e são
Bandeiras   |

Transportes - Duplicação da BR470 SC

A ACIRS defende a duplicação de toda a extensão da rodovia BR-470/SC ?Navegantes até a interseção com a BR-116 ? conforme recomendado nas versões preliminares do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTE-A).


Atualizado em 24/02/2015
 

COMO ESTÁ 

Em 26 de agosto de 2014 a diretoria de Planejamento e Pesquisa do DNIT emitiu o Termo de Aceitação Definitivo do EVTE-A. O estudo aponta as intervenções necessárias para a adequação de capacidade, melhoria da segurança e eliminação de pontos críticos na BR-470/SC, para o cenário 2010 - 2029.
 

Entre as versões do estudo analisadas em Brasília esteve a proposta de duplicação de toda a extensão da rodovia desde Navegantes até a sua interseção com a BR-116, num total de 237,36 quilômetros. Esta alternativa chegou a ser definida como “altamente recomendável”.
 

Entretanto, a versão do EVTE-A aceita pelo DNIT aponta para intervenções de menor vulto, divididas pelos 6 segmentos listados abaixo, que apresentam peculiaridades semelhantes de tráfego, de operação e de segurança:

1) - km 0,000 (Navegantes) ao km 7,400 (Entr. BR-101)
2) - km 7,400 ao km 47,000 (Entr. Acesso Gaspar a SC-474)
3) - km 47,000 ao km 69,300 (Entr. BR-477 (B) (P/) Timbó)
4) - km 69,300 ao km 143,700 (Entr. Acesso a Rio do Sul a Laurentino)
5) - km 143,700 ao km 160,000 (Entr. Acesso a Trombudo Central)
6) - km 160,000 ao km 234,500 (ponto final do estudo, Entr. BR-116/SC)
 

O orçamento de todas as obras, segundo o Termo de Aceitação do EVTE-A, é de R$ 3,2 bilhão. Confira as intervenções propostas para os dois segmentos que cortam o Alto Vale do Itajaí:
 

Segmento do km 69,300 ao km 143,700
Este segmento se desenvolve em região rural fortemente ondulada, no vale do Rio Itajaí-açu. O traçado é sinuoso, entre a margem do rio o sopé dos morros. Apresenta a travessia de três importantes áreas urbanas, onde a rodovia desempenha a função de artéria do sistema viário local, com total envolvimento do tráfego de longa distância com o tráfego urbano.
 

As áreas urbanas atravessadas são:

• Cidade de Ascurra, entre os km 86,800 e 90,100;
• Cidade de Apiuna, entre os km 96,600 e 99,400;
• Cidade de Rio do Sul, o km 137,700;
• Cidade de Rio do Sul, entre o km 139,500 e 142,300.
 

As melhorias operacionais e de segurança incluem as seguintes obras, mantendo-se o traçado atual da rodovia:
 

• Duplicação de pontes: km 71,800 – Rio Estradinha;
• Construção de ponte em rua lateral: km 71,800, lados esquerdo e direito – Rio Estradinha;
• Interligação entre as ruas laterais com passagem sob a rodovia no km 70,240;
• Interseção em dois níveis com a Rua Santa Luzia, no km 72,160;
• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 76,500;
• Melhoria de traçado entre o km 79,000 e 81,000, incluindo a construção de nova ponte no km 79,900 com extensão de 30 m;
• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 85,900, acesso para Rodeio;
• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 87,100, na área urbana de Ascurra;
• Ruas laterais entre o km 87,100 e o km 89,700, nos lados esquerdo e direito da rodovia;
• Passagem superior entre o km 87,700 e o km 88,000, acesso a Ascurra;
• Reforço e alargamento da ponte sobre o Rio Itajaí-açu, no km 89,700, com extensão de 155,00 m, para incluir passarela para pedestres em ambos os lados;
• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 88,800, na área urbana
de Ascurra;
• Ruas laterais entre o km 88,800 e o km 90,100, nos lados esquerdo e direito da rodovia;
• Passarela para pedestres no km 90,500;
• Reforço e alargamento da ponte sobre o Ribeirão da Cabra, no km 91,650 com extensão de 36,00 m, para incluir passarela para pedestres em ambos os lados;
• Reforço e alargamento da ponte sobre o Ribeirão do Bode, no km 94,600 com extensão de 32,00 m, para incluir passarela para pedestres em ambos os lados;
• Passarela para pedestres no km 110,5000;
• Acesso a Ibirama no lado direito do km 117,900, com extensão de 3,500 km – o projeto deste acesso está sendo elaborado pela Prefeitura Municipal de Ibirama;
• Reforço e alargamento da ponte sobre o Rio Hercílio, no km 116,000, com extensão de 231,00 m, para incluir passarela para pedestres no lado direto;
• Passagem superior no km 118,820 – projeto em elaboração pela Secretaria de Desenvolvimento Regional em Ibirama;
• Passagem superior no km 123,400 com ruas laterais entre o km 122,900 e 123,600;
• Passarela para pedestres no km 124,000;
• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 124,500;
• Ruas laterais entre o km 124,500 e o km 125,680, em ambos os lados da rodovia;
• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 125,680;
• Passagem superior no km 130,300, acesso a Lontras – projeto em elaboração pela Secretaria de Desenvolvimento Regional em Ibirama;
• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 134,400;
• Reforço e alargamento da ponte sobre o Rio das Cobras, no km 134,600, com extensão de 25,00 m, para incluir passarela para pedestres em ambos os lados;
• Duplicação da rodovia com ruas laterais em ambos os lados entre o km 134,700 e o km 143,700, na travessia urbana da cidade de Rio do Sul;
• Passarela para pedestres no km 138,000;
• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 138,600;
• Passagem superior entre o km 139,400;
• Implantação de faixas auxiliares ascendentes, 3ª faixas, nos seguintes segmentos: km 111,100 ao km 113,100 – lado direito, km 116,900 ao km 117,900 – lado direito / km 123,800 ao km 124,700 – lado esquerdo, km 127,800 ao km 128,400 – lado direito;
• Contorno de Ascurra e Apiúna com extensão de 22,0 km, incluindo desapropriação e nova ponte sobre o Rio Itajaí Açu.
• Passagem superior entre o km 139,400 e o km 140,000;
• Passarela para pedestres no km 143,000;
 

Segmento do km 143,700 ao km 160,000
As melhorias operacionais e de segurança incluem as seguintes obras, mantendo-se o traçado atual da rodovia:

• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 145,700;
• Interseção em mesmo nível, em forma de rotatória fechada, no km 149,820;
• Interseção a níveis distintos no km 158,800, no entroncamento com o acesso a Trombudo Central.
 

Até o momento apenas o segmento Navegantes a Indaial, com de 70 quilômetros está em fase de duplicação por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). A obra está dividida em 4 lotes.

A realização de novas obras - como as previstas no EVTE-A - dependem da inclusão na nova carteira de investimentos do PAC, pois, segundo o DNIT, somente desta forma poderá ser tomada a decisão sobre a elaboração de Anteprojeto (RDC) ou Projeto de Engenharia (Lei 8.666). 


EM OBRAS
 

Duplicação Navegantes a Indaial (PAC 2);

Contrato de Restauração e Manutenção (CREMA 2).

 

OUTRAS INTERVENÇÕES

 

Acesso ao município de Lontras: O projeto de interseção a níveis distintos no entroncamento da BR-470/SC com a SC-110 foi contratado pelo Governo do Estado e concluído em 2009 pela empresa SC Tecnologia. Em 30 de abril de 2010 o Governo Federal publicou no Diário Oficial da União o resultado da licitação que definiu a empreiteira responsável pela execução das obras. De acordo com o DNIT, a vencedora desistiu do contrato e a segunda colocada não teve interesse em assumir a obra. Em junho de 2014, por meio do Sistema de Acesso à Informação, o DNIT informou à ACIRS que aguarda a liberação de recursos para a construção do novo acesso.

 

Acesso ao município de Ibirama: O projeto de interseção a níveis distintos no entroncamento da BR-470/SC com o município de Ibimara, próximo ao quilômetro 125+200, foi contratado pelo Governo do Estado e concluído em 2010 pela empresa Iguatemi. Até junho de 2014 não havia registro de seu recebimento no DNIT, segundo a Superintendência Regional.   

 

OUTRAS INFORMAÇÕES SOBRE A DUPLICAÇÃO: 

http://www.pac.gov.br/obra/8720 

 

LICITAÇÕES CONCLUÍDAS:

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=4544

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=4544 

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=4442

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=4172

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=4133

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=4072

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=4037

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=4004

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=3721

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=3442

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=3438 

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=3434 

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=2302 

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=2086

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=1967 

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=684 

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=571

http://www1.dnit.gov.br/editais/consulta/resumo.asp?NUMIDEdital=478 

 

 

Voltar

quantos somos:
767
associados
Junte-se a Nós
Associe-se!
Endereço Rua XV de Novembro, 73
Térreo, Centro - 89160-033
RIO DO SUL / SC

Contato Telefone: (47) 3531-0500
E-Mail: acirs@acirs.com.br
Newsletter Fique por dentro de tudo
que acontece na ACIRS.

Todos os direitos reservados - ACIRS - 2014 - WLive!